Atividade antimicrobiana

De Aprendendo Catalogação
Ir para: navegação, pesquisa



Campo Ind1 Ind2 Dados
Líder 05385nam a2200241 a 4500
001 - Número de controle 002822
003 - Identificador do número de controle SNSB
005 - Data e hora da última transação 20190402083022.0
008 - Elementos de dados de tamanho fixo - Informações gerais 190401s2018    spba   fom    000 0 por d










082 - Número na Classificação Decimal de Dewey (CDD) 0 4 $a664.05
100 - Ponto de acesso principal - Nome pessoal 1 $aBrito, Sabrina da Costa
245 1 0 $aAtividade antimicrobiana em filmes poliméricos com diferentes concentrações de nanopartículas de prata /
$cSabrina da Costa Brito
260 - Publicação, distribuição, etc. (Imprenta) $aAraraquara, SP,
$c2018
500 - Nota geral $aOrientador : Marcos David Ferreira
502 - Nota de dissertação $aDissertação (Mestrado) - Universidade Estadual Paulista“Júlio de Mesquita Filho”. Faculdade de Ciências Farmacêuticas. Programa de Pós-graduação em Alimentos e Nutrição
520 - Resumo, etc. $aResumo: Objetivo: Este estudo visou verificar a eficácia antimicrobiana de filmes de polietileno de baixa densidade (PEBD) aditivados com nanopartículas de prata (NPsAg) dispersas no carregador de sílica (SiO2), em diferentes concentrações de partes por milhão (ppm) por filme polimérico. Metodologia: Na pesquisa foram estudadas seis concentrações diferentes de NPsAg (ppm) (1,50; 3,75; 7,50; 15,00; 30,00; 60,00 e 75,00) nos filmes nanoestruturados, sendo estes caracterizados por: Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Calorimetria Diferencial de Varredura (DSC), Termogravimetria (TGA), Espectroscopia no Infravermelho com Transformada de Foutier (FTIR) e por Difração de Raio X (DRX). A ação antimicrobiana foi pesquisada contra os seguintes microrganismos, Gram Positivos: Staphylococcus aureus, Enterococcus faecalis; Gram Negativos: Escherichia coli e Salmonella typhimurium e o fungo Penicillium expansumi; por meio das metodologias de atividade antimicrobiana por contato, teste por agitação de frascos e Imagens Bacterianas por Microscopia Eletrônica de Varredura. Resultados: A adição de NPsAg na matriz do PEBD não interferiu nas propriedades físico-químicas e térmicas dos filmes. Pelas análises microbiológicas foi observado, pela atividade antimicrobiana por contato, que os filmes nanoestruturados foram eficazes na inibição de todos os microrganismos estudados, sendo que apresentaram uma maior ação antimicrobiana sobre as bactérias Gram negativas e fungos do que as bactérias Gram positivas. Pelo teste de agitação em frascos foi verificado que os filmes nanoestruturados auxiliaram na redução da taxa de crescimento e na concentração máxima na fase estacionária com aumento da duração da fase lag, verificando-se que quanto maior a adição de NPsAg nos filmes, mais eficaz a inibição (p≤0,05). Na Microscopia Eletrônica de Varredura foi observado que as bactérias em contato com NPsAg apresentaram alteração na estrutura da parede microbiana. Conclusão: Os filmes nanoestruturados apresentaram ação antimicrobiana promissora com os microrganismos estudados, portanto, filmes com nanopartículas de prata possuem potencial de uso em embalagens alimentícias, auxiliando na redução de casos de doenças transmitidas por alimentos além de contribuir na redução do desperdício de alimentos
520 - Resumo, etc. $aAbstract: Objective: this study aims to verify the effectiveness of antimicrobial low density polyethylene films (LDPE), with dispersed silver nanoparticles (AgNPs) added in a silicon carrier, in different concentrations of parts per million (ppm) for each polymeric film. Methodology: In this research, six different concentrations of AgNPs (ppm) were studied (1,50; 3,75; 7,50; 15,00; 30,00; 60,00 e 75,00) in nanostructured films, which were characterized by: Field-Emission Gun Scanning Electron Microscopy (FEG - SEM), Differential Scanning Calorimetry (DSC), Thermogravimetry (TGA), Fourier Transform Infrared Spectroscopy (FTIR), and X-Ray Diffraction (XRD). The antimicrobial action was tested against different microorganisms, Gram-positives: Staphylococcus aureus and Enterococcus faecalis, and Gram-negatives: Escherichia coli, Salmonella typhimurium and the fungus Penicillium expansumi. Methodologies employed were antimicrobial activities by contact, shake flasks tests and bacterial images by electronic scanning microscopy (ESM). Results: the addition of AgNPs in the matrix of LDPE did not interfere in the physicochemical and the thermal properties of the films. The analysis of antimicrobial activities by contact showed that the nanostructured films were effective in the inhibition of all the studied microorganisms, with greater action on Gram-negative bacteria and fungi than on Gram-positive bacteria. By the shake flasks test it was verified that the nanostructured films help to reduce growth rate and maximum concentration, with increasing in lag stage duration and observing that the bigger the addition of AgNPs, more effective the inhibiting action (p ≤ 0,05). In electronic scanning microscopy (ESM) it was observed that bacteria in contact with AgNPs presented change in microbial wall struture. Conclusion: the nanostructured films presented a promising antimicrobial action with the studied microorganisms. Hence, silver nanoparticles films have a potential use in food packing, helping to reduce cases of food-borne diseases and contributing to reductions in food waste
650 - Ponto de acesso secundário de assunto - Termo tópico 4 $aNanotecnologia
650 - Ponto de acesso secundário de assunto - Termo tópico 4 $aNanopartículas de prata
650 - Ponto de acesso secundário de assunto - Termo tópico 4 $aAntimicrobianas
650 - Ponto de acesso secundário de assunto - Termo tópico 4 $aEmbalagens ativas
700 - Ponto de acesso secundário - Nome pessoal 1 $aFerreira, Marcos David
856 - Localização e acesso eletrônicos 4 2 $ahttp://hdl.handle.net/11449/155002
Brito, Sabrina da Costa

        Atividade antimicrobiana em filmes poliméricos com diferentes concentrações de nanopartículas de prata / Sabrina da Costa Brito -- Araraquara, SP, 2018


        Orientador : Marcos David Ferreira
        Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Faculdade de Ciências Farmacêuticas. Programa de Pós-graduação em Alimentos e Nutrição



        1. Nanotecnologia 2. Nanopartículas de prata 3. Antimicrobianas 4. Embalagens ativas I. Ferreira, Marcos David II. Título.
05385nam a2200241 a 4500001000700000003000500007005001700012008004100029082001100070100002800081245013800109260002700247500003900274502018800313520237500501520211102876650001903087650002903106650002003108650002203110700002703112856003903139␞002822␞SNSB␞20190402083022.0␞190401s2018    spba   fom    000 0 por d␞04␟a664.05␞1 ␟aBrito, Sabrina da Costa␞10␟aAtividade antimicrobiana em filmes poliméricos com diferentes concentrações de nanopartículas de prata / ␟cSabrina da Costa Brito␞  ␟aAraraquara, SP, ␟c2018␞  ␟aOrientador : Marcos David Ferreira␞  ␟aDissertação (Mestrado) - Universidade Estadual Paulista“Júlio de Mesquita Filho”. Faculdade de Ciências Farmacêuticas. Programa de Pós-graduação em Alimentos e Nutrição␞  ␟aResumo: Objetivo: Este estudo visou verificar a eficácia antimicrobiana de filmes de polietileno de baixa densidade (PEBD) aditivados com nanopartículas de prata (NPsAg) dispersas no carregador de sílica (SiO2), em diferentes concentrações de partes por milhão (ppm) por filme polimérico. Metodologia: Na pesquisa foram estudadas seis concentrações diferentes de NPsAg (ppm) (1,50; 3,75; 7,50; 15,00; 30,00; 60,00 e 75,00) nos filmes nanoestruturados, sendo estes caracterizados por: Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Calorimetria Diferencial de Varredura (DSC), Termogravimetria (TGA), Espectroscopia no Infravermelho com Transformada de Foutier (FTIR) e por Difração de Raio X (DRX). A ação antimicrobiana foi pesquisada contra os seguintes microrganismos, Gram Positivos: Staphylococcus aureus, Enterococcus faecalis; Gram Negativos: Escherichia coli e Salmonella typhimurium e o fungo Penicillium expansumi; por meio das metodologias de atividade antimicrobiana por contato, teste por agitação de frascos e Imagens Bacterianas por Microscopia Eletrônica de Varredura. Resultados: A adição de NPsAg na matriz do PEBD não interferiu nas propriedades físico-químicas e térmicas dos filmes. Pelas análises microbiológicas foi observado, pela atividade antimicrobiana por contato, que os filmes nanoestruturados foram eficazes na inibição de todos os microrganismos estudados, sendo que apresentaram uma maior ação antimicrobiana sobre as bactérias Gram negativas e fungos do que as bactérias Gram positivas. Pelo teste de agitação em frascos foi verificado que os filmes nanoestruturados auxiliaram na redução da taxa de crescimento e na concentração máxima na fase estacionária com aumento da duração da fase lag, verificando-se que quanto maior a adição de NPsAg nos filmes, mais eficaz a inibição (p≤0,05). Na Microscopia Eletrônica de Varredura foi observado que as bactérias em contato com NPsAg apresentaram alteração na estrutura da parede microbiana. Conclusão: Os filmes nanoestruturados apresentaram ação antimicrobiana promissora com os microrganismos estudados, portanto, filmes com nanopartículas de prata possuem potencial de uso em embalagens alimentícias, auxiliando na redução de casos de doenças transmitidas por alimentos além de contribuir na redução do desperdício de alimentos␞  ␟aAbstract: Objective: this study aims to verify the effectiveness of antimicrobial low density polyethylene films (LDPE), with dispersed silver nanoparticles (AgNPs) added in a silicon carrier, in different concentrations of parts per million (ppm) for each polymeric film. Methodology: In this research, six different concentrations of AgNPs (ppm) were studied (1,50; 3,75; 7,50; 15,00; 30,00; 60,00 e 75,00) in nanostructured films, which were characterized by: Field-Emission Gun Scanning Electron Microscopy (FEG - SEM), Differential Scanning Calorimetry (DSC), Thermogravimetry (TGA), Fourier Transform Infrared Spectroscopy (FTIR), and X-Ray Diffraction (XRD). The antimicrobial action was tested against different microorganisms, Gram-positives: Staphylococcus aureus and Enterococcus faecalis, and Gram-negatives: Escherichia coli, Salmonella typhimurium and the fungus Penicillium expansumi. Methodologies employed were antimicrobial activities by contact, shake flasks tests and bacterial images by electronic scanning microscopy (ESM). Results: the addition of AgNPs in the matrix of LDPE did not interfere in the physicochemical and the thermal properties of the films. The analysis of antimicrobial activities by contact showed that the nanostructured films were effective in the inhibition of all the studied microorganisms, with greater action on Gram-negative bacteria and fungi than on Gram-positive bacteria. By the shake flasks test it was verified that the nanostructured films help to reduce growth rate and maximum concentration, with increasing in lag stage duration and observing that the bigger the addition of AgNPs, more effective the inhibiting action (p ≤ 0,05). In electronic scanning microscopy (ESM) it was observed that bacteria in contact with AgNPs presented change in microbial wall struture. Conclusion: the nanostructured films presented a promising antimicrobial action with the studied microorganisms. Hence, silver nanoparticles films have a potential use in food packing, helping to reduce cases of food-borne diseases and contributing to reductions in food waste␞4 ␟aNanotecnologia␞4 ␟aNanopartículas de prata␞4 ␟aAntimicrobianas␞4 ␟aEmbalagens ativas␞1 ␟aFerreira, Marcos David␞42␟ahttp://hdl.handle.net/11449/155002␞␝
  • Componentes do registro:
    • Líder
    • Diretório
    • Campos de dados

Exportar registro (simulação)

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?><record xmlns="http://www.loc.gov/MARC21/slim">

  <leader>05385nam a2200241 a 4500</leader>

  <controlfield tag="001">002822</controlfield>

  <controlfield tag="003">SNSB</controlfield>

  <controlfield tag="005">20190402083022.0</controlfield>

  <controlfield tag="008">190401s2018    spba   fom    000 0 por d</controlfield>

  <datafield tag="082" ind1="0" ind2="4">
    <subfield code="a">664.05</subfield>
  </datafield>
  <datafield tag="100" ind1="1" ind2=" ">
    <subfield code="a">Brito, Sabrina da Costa</subfield>
  </datafield>
  <datafield tag="245" ind1="1" ind2="0">
    <subfield code="a">Atividade antimicrobiana em filmes poliméricos com diferentes concentrações de nanopartículas de prata /</subfield>
    <subfield code="c">Sabrina da Costa Brito</subfield>
  </datafield>
  <datafield tag="260" ind1=" " ind2=" ">
    <subfield code="a">Araraquara, SP,</subfield>
    <subfield code="c">2018</subfield>
  </datafield>
  <datafield tag="500" ind1=" " ind2=" ">
    <subfield code="a">Orientador : Marcos David Ferreira</subfield>
  </datafield>
  <datafield tag="502" ind1=" " ind2=" ">
    <subfield code="a">Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Faculdade de Ciências Farmacêuticas. Programa de Pós-graduação em Alimentos e Nutrição</subfield>
  </datafield>
  <datafield tag="520" ind1=" " ind2=" ">
    <subfield code="a">Resumo: Objetivo: Este estudo visou verificar a eficácia antimicrobiana de filmes de polietileno de baixa densidade (PEBD) aditivados com nanopartículas de prata (NPsAg) dispersas no carregador de sílica (SiO2), em diferentes concentrações de partes por milhão (ppm) por filme polimérico. Metodologia: Na pesquisa foram estudadas seis concentrações diferentes de NPsAg (ppm) (1,50; 3,75; 7,50; 15,00; 30,00; 60,00 e 75,00) nos filmes nanoestruturados, sendo estes caracterizados por: Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Calorimetria Diferencial de Varredura (DSC), Termogravimetria (TGA), Espectroscopia no Infravermelho com Transformada de Foutier (FTIR) e por Difração de Raio X (DRX). A ação antimicrobiana foi pesquisada contra os seguintes microrganismos, Gram Positivos: Staphylococcus aureus, Enterococcus faecalis; Gram Negativos: Escherichia coli e Salmonella typhimurium e o fungo Penicillium expansumi; por meio das metodologias de atividade antimicrobiana por contato, teste por agitação de frascos e Imagens Bacterianas por Microscopia Eletrônica de Varredura. Resultados: A adição de NPsAg na matriz do PEBD não interferiu nas propriedades físico-químicas e térmicas dos filmes. Pelas análises microbiológicas foi observado, pela atividade antimicrobiana por contato, que os filmes nanoestruturados foram eficazes na inibição de todos os microrganismos estudados, sendo que apresentaram uma maior ação antimicrobiana sobre as bactérias Gram negativas e fungos do que as bactérias Gram positivas. Pelo teste de agitação em frascos foi verificado que os filmes nanoestruturados auxiliaram na redução da taxa de crescimento e na concentração máxima na fase estacionária com aumento da duração da fase lag, verificando-se que quanto maior a adição de NPsAg nos filmes, mais eficaz a inibição (p≤0,05). Na Microscopia Eletrônica de Varredura foi observado que as bactérias em contato com NPsAg apresentaram alteração na estrutura da parede microbiana. Conclusão: Os filmes nanoestruturados apresentaram ação antimicrobiana promissora com os microrganismos estudados, portanto, filmes com nanopartículas de prata possuem potencial de uso em embalagens alimentícias, auxiliando na redução de casos de doenças transmitidas por alimentos além de contribuir na redução do desperdício de alimentos</subfield>
  </datafield>
  <datafield tag="520" ind1=" " ind2=" ">
    <subfield code="a">Abstract: Objective: this study aims to verify the effectiveness of antimicrobial low density polyethylene films (LDPE), with dispersed silver nanoparticles (AgNPs) added in a silicon carrier, in different concentrations of parts per million (ppm) for each polymeric film. Methodology: In this research, six different concentrations of AgNPs (ppm) were studied (1,50; 3,75; 7,50; 15,00; 30,00; 60,00 e 75,00) in nanostructured films, which were characterized by: Field-Emission Gun Scanning Electron Microscopy (FEG - SEM), Differential Scanning Calorimetry (DSC), Thermogravimetry (TGA), Fourier Transform Infrared Spectroscopy (FTIR), and X-Ray Diffraction (XRD). The antimicrobial action was tested against different microorganisms, Gram-positives: Staphylococcus aureus and Enterococcus faecalis, and Gram-negatives: Escherichia coli, Salmonella typhimurium and the fungus Penicillium expansumi. Methodologies employed were antimicrobial activities by contact, shake flasks tests and bacterial images by electronic scanning microscopy (ESM). Results: the addition of AgNPs in the matrix of LDPE did not interfere in the physicochemical and the thermal properties of the films. The analysis of antimicrobial activities by contact showed that the nanostructured films were effective in the inhibition of all the studied microorganisms, with greater action on Gram-negative bacteria and fungi than on Gram-positive bacteria. By the shake flasks test it was verified that the nanostructured films help to reduce growth rate and maximum concentration, with increasing in lag stage duration and observing that the bigger the addition of AgNPs, more effective the inhibiting action (p ≤ 0,05). In electronic scanning microscopy (ESM) it was observed that bacteria in contact with AgNPs presented change in microbial wall struture. Conclusion: the nanostructured films presented a promising antimicrobial action with the studied microorganisms. Hence, silver nanoparticles films have a potential use in food packing, helping to reduce cases of food-borne diseases and contributing to reductions in food waste</subfield>
  </datafield>
  <datafield tag="650" ind1="4" ind2=" ">
    <subfield code="a">Nanotecnologia</subfield>
  </datafield>
  <datafield tag="650" ind1="4" ind2=" ">
    <subfield code="a">Nanopartículas de prata</subfield>
  </datafield>
  <datafield tag="650" ind1="4" ind2=" ">
    <subfield code="a">Antimicrobianas</subfield>
  </datafield>
  <datafield tag="650" ind1="4" ind2=" ">
    <subfield code="a">Embalagens ativas</subfield>
  </datafield>
  <datafield tag="700" ind1="1" ind2=" ">
    <subfield code="a">Ferreira, Marcos David</subfield>
  </datafield>
  <datafield tag="856" ind1="4" ind2="2">
    <subfield code="a">http://hdl.handle.net/11449/155002</subfield>
  </datafield>
</record>

Exportar registro

000 05385nam a2200241 a 4500
001 002822
003 SNSB
005 20190402083022.0
008 190401s2018    spba   fom    000 0 por d
082 04 |a 664.05
100 1_ |a Brito, Sabrina da Costa
245 10 |a Atividade antimicrobiana em filmes poliméricos com diferentes concentrações de nanopartículas de prata / |c Sabrina da Costa Brito
260 __ |a Araraquara, SP, |c 2018
500 __ |a Orientador : Marcos David Ferreira
502 __ |a Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Faculdade de Ciências Farmacêuticas. Programa de Pós-graduação em Alimentos e Nutrição
520 __ |a Resumo: Objetivo: Este estudo visou verificar a eficácia antimicrobiana de filmes de polietileno de baixa densidade (PEBD) aditivados com nanopartículas de prata (NPsAg) dispersas no carregador de sílica (SiO2), em diferentes concentrações de partes por milhão (ppm) por filme polimérico. Metodologia: Na pesquisa foram estudadas seis concentrações diferentes de NPsAg (ppm) (1,50; 3,75; 7,50; 15,00; 30,00; 60,00 e 75,00) nos filmes nanoestruturados, sendo estes caracterizados por: Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Calorimetria Diferencial de Varredura (DSC), Termogravimetria (TGA), Espectroscopia no Infravermelho com Transformada de Foutier (FTIR) e por Difração de Raio X (DRX). A ação antimicrobiana foi pesquisada contra os seguintes microrganismos, Gram Positivos: Staphylococcus aureus, Enterococcus faecalis; Gram Negativos: Escherichia coli e Salmonella typhimurium e o fungo Penicillium expansumi; por meio das metodologias de atividade antimicrobiana por contato, teste por agitação de frascos e Imagens Bacterianas por Microscopia Eletrônica de Varredura. Resultados: A adição de NPsAg na matriz do PEBD não interferiu nas propriedades físico-químicas e térmicas dos filmes. Pelas análises microbiológicas foi observado, pela atividade antimicrobiana por contato, que os filmes nanoestruturados foram eficazes na inibição de todos os microrganismos estudados, sendo que apresentaram uma maior ação antimicrobiana sobre as bactérias Gram negativas e fungos do que as bactérias Gram positivas. Pelo teste de agitação em frascos foi verificado que os filmes nanoestruturados auxiliaram na redução da taxa de crescimento e na concentração máxima na fase estacionária com aumento da duração da fase lag, verificando-se que quanto maior a adição de NPsAg nos filmes, mais eficaz a inibição (p≤0,05). Na Microscopia Eletrônica de Varredura foi observado que as bactérias em contato com NPsAg apresentaram alteração na estrutura da parede microbiana. Conclusão: Os filmes nanoestruturados apresentaram ação antimicrobiana promissora com os microrganismos estudados, portanto, filmes com nanopartículas de prata possuem potencial de uso em embalagens alimentícias, auxiliando na redução de casos de doenças transmitidas por alimentos além de contribuir na redução do desperdício de alimentos
520 __ |a Abstract: Objective: this study aims to verify the effectiveness of antimicrobial low density polyethylene films (LDPE), with dispersed silver nanoparticles (AgNPs) added in a silicon carrier, in different concentrations of parts per million (ppm) for each polymeric film. Methodology: In this research, six different concentrations of AgNPs (ppm) were studied (1,50; 3,75; 7,50; 15,00; 30,00; 60,00 e 75,00) in nanostructured films, which were characterized by: Field-Emission Gun Scanning Electron Microscopy (FEG - SEM), Differential Scanning Calorimetry (DSC), Thermogravimetry (TGA), Fourier Transform Infrared Spectroscopy (FTIR), and X-Ray Diffraction (XRD). The antimicrobial action was tested against different microorganisms, Gram-positives: Staphylococcus aureus and Enterococcus faecalis, and Gram-negatives: Escherichia coli, Salmonella typhimurium and the fungus Penicillium expansumi. Methodologies employed were antimicrobial activities by contact, shake flasks tests and bacterial images by electronic scanning microscopy (ESM). Results: the addition of AgNPs in the matrix of LDPE did not interfere in the physicochemical and the thermal properties of the films. The analysis of antimicrobial activities by contact showed that the nanostructured films were effective in the inhibition of all the studied microorganisms, with greater action on Gram-negative bacteria and fungi than on Gram-positive bacteria. By the shake flasks test it was verified that the nanostructured films help to reduce growth rate and maximum concentration, with increasing in lag stage duration and observing that the bigger the addition of AgNPs, more effective the inhibiting action (p ≤ 0,05). In electronic scanning microscopy (ESM) it was observed that bacteria in contact with AgNPs presented change in microbial wall struture. Conclusion: the nanostructured films presented a promising antimicrobial action with the studied microorganisms. Hence, silver nanoparticles films have a potential use in food packing, helping to reduce cases of food-borne diseases and contributing to reductions in food waste
650 4_ |a Nanotecnologia
650 4_ |a Nanopartículas de prata
650 4_ |a Antimicrobianas
650 4_ |a Embalagens ativas
700 1_ |a Ferreira, Marcos David
856 42 |a http://hdl.handle.net/11449/155002

Informações gerais

  • Segundo o Líder, este é um registro novo (não um alterado ou revisado, expandido, excluído, etc.).
  • Segundo o Líder, este registro descreve um material textual.
  • Segundo o Líder, este registro descreve um item monográfico (não parte de um item, não um item seriado, não uma coleção, etc.).
  • Segundo o Líder, este registro tem um nível completo de catalogação (a descrição foi realizada com o material em mãos).
  • Segundo o Líder, este registro possui uma catalogação compatível com as regras do AACR 2.
  • Internamente, este registro é identificado pelo código "002822"; para sistemas externos, o código é "(SNSB)002822".
  • O registro foi criado em: segunda-feira, 01 de abril de 2019. Sua última transação foi em: terça-feira, 02 de abril de 2019.
  • O item possui a seguinte origem: São Paulo.
  • Majoritariamente, o item se expressa no seguinte idioma: português.
  • O ponto de acesso principal foi dado a uma pessoa e a entrada se deu pelo seu sobrenome.
  • O título recebeu um ponto de acesso secundário.
  • O título será alfabetado como "Atividade antimicrobiana em filmes poliméricos com diferentes concentrações de nanopartículas de prata".
  • Um ponto de acesso secundário foi dado a uma pessoa e a entrada se deu pelo seu sobrenome.

Comentário do professor

  • Campo 506: conforme consta no PDF, o texto completo da dissertação estará disponível somente a partir de 04/07/2019. Essa informação, por sua relevância para o usuário, pode ser incluída em uma “Nota de restrição de acesso” (campo 506, subcampo $a).
  • Campo 856: inclua o URL para acesso ao documento no subcampo $u do campo 856.
  • Campo 856: preencha o segundo indicador com "0", por se tratar do recurso catalogado.